Bariloche, entre lagos e encostas nevadas.

 

San Carlos de Bariloche é a cidade mais importante e mais populosa dos Andes Patagônicos da Argentina. Fica localizada sobre a costa, nas margens do Lago Nahuel Huapi, uma das maiores e mais belas áreas da região, com impressionantes águas azuis.

É definitivamente um lugar mágico, todos que o visitam se maravilham com suas reservas naturais, entre lagos, bosques e montanhas. Com seus centros de esqui, que são pura adrenalina, e com o seu estilo arquitetônico europeu que inclui madeira em seus detalhes muito particulares.

Ideias para passear

 Centro Cívico

Dizem que se você não visitar o Centro Cívico de Bariloche, nunca esteve aqui. O lugar tem um majestoso complexo arquitetônico com vista para o Lago Nahuel Huapi, edifícios municipais, como o Correio, a Biblioteca, a Polícia e o Museu da Patagônia, declarado Monumento Histórico Nacional. A beleza deste lugar também se destaca em seus detalhes de pedra esverdeada que contrastam com a madeira das portas, janelas e varandas.

 
Bariloche.
 

Colônia Suíça

Este local foi o primeiro assentamento europeu da região e foi declarado Patrimônio Histórico, fica a 25 quilômetros de Bariloche e é fantástico para comer, você encontrará casas de chá e restaurantes tradicionais para provar a comida original de Araucana extraída dos primeiros colonos chilenos que chegaram aqui, além disso, pode visitar lojas e a feira de artesanato, que acontece todas as quartas e domingos.

Puerto Pañuelo

Recebe esse nome por causa dos lenços levantados na despedida e chegada dos viajantes no século XX. Este lugar não é muito antigo, foi construído em 1965, depois que o Hotel Llao Llao pegou fogo em 1939. Os escombros foram usados para unir a ilha ao continente. É um lugar para ouvir as gaivotas, mergulhar nas águas azul-turquesa, provar o melhor chocolate e sentir o sol que relaxa os sentidos. É definitivamente especial para descansar e se maravilhar com o que Bariloche tem para oferecer.

Prontos para as excursões?

Por terra

Uma das experiências que mais recomendamos é sair em uma aventura e fazer trilhas pelas montanhas ao redor deste lugar, a rota que você escolher será surpreendentemente bela e repleta de vida natural que refrescará o seu espírito turístico. Qualquer que seja a sua decisão para conhecer as maravilhas de Bariloche, recomendamos alguns passeios que você poderá fazer por conta prória do centro da cidade ou contratando um guia.

 
 

  • El Bolsón é uma cidade localizada em um vale fértil que corre ao longo do Rio Quemquemtreu, ao pé do Cerro Piltriquitron. Você vai adorar a identidade própria que convida a entrar em contato com seu povo.
  • Circuito Chico, é a rota mais tradicional de Bariloche, onde os bosques, lagos e montanhas são integrados em uma única paisagem.
  • Circuito Grande, repleto de histórias e lendas originais que remontam ao início do Parque Nacional Nahuel Huapi. Esse passeio dura de 9 a 10 horas em uma excursão contratada, para que você possa se planejar com antecedência.

Pelas águas

Se há algo que você deve fazer quando chega a Bariloche, é passear pelo lago Nahuel Huapi, suas águas cristalinas encantam quando você navega sobre elas. Este passeio permitirá que você conheça a geografia e a fauna a bordo de modernas embarcações.

  • Faça o Cruzeiro Andino partindo de Puerto Pañuelo, percorra antigas rotas repletas de história, paisagens e paz. Lembre-se de que é a rota mítica que liga a Argentina ao Chile e, há 400 anos, os nativos Huilliches e Mapuches as usavam em suas viagens de exploração.
  • Ilha Victoria e Bosque de Arrayanes, dentro do Parque Nacional Nahuel Huapi, você poderá fazer esta excursão para mergulhar nas cores de Bariloche, suas águas e bosques.
  • Puerto Blest e Cascada de los Cántaros, outro passeio que você gostará é navegar pelas diferentes tonalidades de verde que as águas do Brazo Blest oferece, passando pela Ilha Sentinela até chegar à Cascada de los Cántaros.
  • Brazo tristeza e Cascada del Arroyo Frey, da Baía López, a 25 km de Bariloche, há um barco que percorre Brazo Tristeza até chegar ao Cerro Tronador, onde se pode observar as geleiras e depois a Cascada Arroyo Frey.

Esqui e neve

E, claro, você não pode deixar de visitar as áreas de esqui para desfrutar da mais incrível neve entre os meses de junho e outubro, que é quando Bariloche recebe muitos turistas e moradores e oferece um mundo de diversão entre esqui, snowboard, esqui nórdico, esqui alpino, passeios de trenó e quadriciclos.

 
 
 

E se você nunca praticou esqui antes, não se preocupe, este lugar possui os melhores instrutores e equipamentos de primeira linha, para que você seja incentivado a se deslocar pelas encostas suaves que esses espaços oferecem.

Você já decidiu passar suas próximas férias neste mundo de história, vegetação e pistas de neve? Então lembre-se de se hospedar nos melhores empreendimentos para que sua diversão se estenda ao máximo, recomendamos alguns neste link.

 

Você acabou de ler sobre ...

¿Te dieron más ganas de viajar?

¡Gracias por tu respuesta!
 

Artigos
relacionados