Calafate, o fruto que vai fazer você se apaixonar pela Patagônia.

 

Calafate: Arbusto muito ramificado, que posssui espinhos e cuja altura é de entre um metro e um metro e meio. Suas folhas são lanceoladas, com flores amareladas e pequenas bagas azuis comestíveis. Dizem que quem experimentar o fruto do calafate sempre volta à Patagônia 

Uma lenda diz que Koonek, anciã curandeira da tribo tehuelche, estava muito cansada para continuar andando para o norte, pois o inverno estava próximo e devia procurar lugares onde fosse possível caçar em abundância. Koonek ficou numa tenda que a tribo tinha montado para que ela pudesse passar o inverno, junto com provisões de lenha, água e comida. Chegou o inverno e ela ficou completamente sozinha, pois até os pássaros tinham emigrado. Porém, ela conseguiu sobreviver e, na primavera, quando eles voltaram, a anciã reclamou por ter sido abandonada, mas as aves responderam que no inverno não tinha suficiente comida para que todos pudessem sobreviver, além de que não podiam se proteger do vento e do frio. A mulher respondeu que, a partir desse momento, eles iriam ter alimento e abrigo. 

Quando abriram a tenda, a curandeira tinha sumido e no seu lugar estava uma bela planta com espinhos, cheia de flores que no verão se transformavam num fruto de cor azul. As aves comeram os frutos e não precisaram ir embora novamente. Desde então, se diz que toda pessoa que comer do fruto desse arbusto, volta à Patagônia. 

 
“Quem prova o fruto do calafate volta sempre”
 

El Calafate é uma cidade localizada na região da Patagônia, na província de Santa Cruz, na Argentina. Está a aproximadamente 2.761 km de distância da cidade capital, Buenos Aires, e a 1.421 km de San Carlos de Bariloche. 

Por ser um ponto de partida e de acesso ao Parque Nacional Los Glaciares, é um destino com uma grande procura turística, pois possui incríveis atrações como o imponente glaciar Perito Moreno, o glaciar Upsala, e o Monte Fitz Roy, localizado a 131 km de El Calafate, praticamente no limite com o Chile, entre outros. 

Essas monumentais belezas declaradas Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, fazem parte das maravilhas naturais mais impressionantes do mundo. Vão até o Atlântico sobre os lagos Argentino e Viedma e, sem dúvida, são um dos principais ícones e lugares mais famosos da Argentina. 

A região possui uma grande variedade de avifauna, entre as quais estão o ganso-de-magalhães, o pato vapor, a carqueja-de-bico-amarelo, o flamingo e o cisne-de-pescoço-preto. Também é um lugar para contemplar a agradável vegetação, como o coirón (Festuca gracillima) e seus campos amarelos. Além disso, é possível apreciar plantas como a casca-de-anta, ginja, lenga (Nothofagus pumilio) e, claro, o calafate. 

Glaciar Perito Moreno

O nome do glaciar é uma homenagem a Francisco Pascasio Moreno; essa joia da natureza está a 85 km de El Calafate e é o protagonista do Parque Nacional Los Glaciares. Sua majestosa parede branca tem uma dimensão de 4.000 metros de largura e pode chegar até os 70 metros de altura. 

No parque você pode fazer um típico passeio pelas passarelas sinalizadas, para conduzir até a frente do glaciar e presentear você com uma vista simplesmente espetacular. No meio da contemplação, é possível escutar um rangido intimidante, que não é mais que um dos desabamentos na borda da geleira, formando um espetáculo incrível. Sugerimos começar cedo esse passeio.

 
Minitrekking através da geleira Perito Moreno
 

Sem dúvida, essa é a principal atração de El Calafate, mas não é a única coisa que você pode fazer. Entre as atividades que podem ser realizadas nesse tranquilo cantinho da Patagônia, estão as seguintes:

 

  • Percorrer todo o Parque Nacional Los Glaciares.
  • Embarcar num cruzeiro até os glaciares.
  • Visitar a pousada histórica La Leona.
  • Fazer Minitrekking no glaciar Perito Moreno.
  • Curtir a culinária do lugar, em que o prato típico é o cordeiro patagônico.

 

 

El Calafate é um destino que vale a pena conhecer, e quando isso acontecer, com certeza você vai experimentar o fruto do calafate, como diz a lenda, para voltar sempre. 

 

Você acabou de ler sobre ...

¿Te dieron más ganas de viajar?

¡Gracias por tu respuesta!
 

Artigos
relacionados