O Rio de Janeiro é um destino imperdível!

 

Brasil é sinônimo de alegria, vida em movimento, cultura e histórias do passado, do presente e do futuro. Conhece-lo é um dos propósitos para qualquer pessoa que ama viajar, tirar fotos, aprender coisas novas e se surpreender com o estilo de vida de outras comunidades, principalmente se falamos do Rio de Janeiro.

A seguir conversaremos com você sobre diferentes destinos e experiências únicas que fazem do estado fluminense uma beleza mundial.

Com amigos é melhor!

O Morro Pão de Açúcar é um espetacular pico monolítico, quase sem vegetação, que se eleva diretamente sobre o Oceano Atlântico como parte de uma península.

Dos muitos morros da cidade, Pão de Açúcar é o único com essas características, o que lhe confere um charme incomparável e permite de seu topo a 396 metros de altura, uma vista privilegiada do Rio de Janeiro e da Baía de Guanabara.

Este turismo aventura é perfeito para ser feito com aqueles grandes amigos viajantes, para criarem juntos centenas de memórias.

Sem dúvida, depois seria obrigatório visitar Copacabana. Conhecida como Princesinha do Mar, falar deste bairro em particular é falar de um dos locais mais emblemáticos da cidade.

O bairro de Copacabana é paralelo ao litoral e quem pensa em Copacabana necessariamente pensa em sua famosa praia, onde há lindas mulheres bronzeadas e homens atléticos jogando futebol, todos curtindo o sol e o mar.

Ele também tem várias experiências em filmagem, como o Copacabana Palace Hotel, onde Fred Astaire e Ginger Rogers deram grandes passos de dança, em 1933, quando filmaram Flying Down to Rio. Por sua vez, Orson Welles e sua namorada mexicana Dolores del Río moravam no hotel durante os oito meses de filmagem It’s All True (1942).

 
 

Cada bairro é único!

Conhecer os diferentes bairros do Rio em grupo é o ideal, já que você encontra pontos perfeitos para Instagram ​​para tirar fotos incríveis.

A Lapa é talvez a região do Rio de Janeiro que melhor representa o espírito da cultura carioca. Porém, sempre que pensamos neste bairro, pensamos em boêmia, samba e vida noturna agitada. É também o ponto de encontro dos amantes da música que se reúnem na renovada Sala Cecília Meireles, a maior sala de concertos de câmara da cidade.

Por outra parte, assim como o bairro da Lapa incorpora o espírito da boêmia carioca, o bairro de Santa Teresa é o auge da intelectualidade e da arte do Rio de Janeiro.

O que hoje é um bairro turístico, com hotéis e restaurantes charmosos, já foi um bairro burguês, onde as classes abastadas da sociedade carioca encontravam refúgio e gozavam de um clima agradável no topo, muito mais ameno no verão do que nas costas mais baixas da cidade. O Convento de Santa Teresa é o marco principal e é alcançado subindo os coloridos degraus da Escadaria de Santa Teresa, mais conhecida como Escadaria Selarón.

Como no caso de Ipanema e Copacabana, ao longo da praia do Leblon existe uma ciclovia em perfeitas condições, onde é comum ver pessoas pedalando, patinando e correndo. É incrível fazer um passeio guiado de bicicleta por esta praia e visitar os principais pontos turísticos acompanhados de seus melhores amigos. No final da praia, tem um pequeno morro onde no topo fica o Mirante do Leblon, um dos muitos mirantes do Rio, de onde se tem lindas vistas de toda a avenida, das praias do Leblon e Ipanema, da Pedra do Arpoador e do pequeno arquipélago que fica bem em frente à praia.

 
 

Quem não ouviu “A Garota de Ipanema”?

“Olha que coisa mais linda mais cheia de graça
É ela menina que vem que passa
Num doce balanço caminho do mar”

Assim começa uma das canções de Bossa Nova mais conhecidas do mundo, com letra de Vinícius de Moraes e música de Antônio Carlos Jobim. Helô Pinheiro foi a musa que inspirou essa melodia, que acontece em Ipanema, berço de uma das praias mais badaladas do Rio de Janeiro e berço desse ritmo mundialmente conhecido, a Bossa Nova. A pedra do Arpoador é famosa porque todas as tardes chegam dezenas de pessoas que se localizam em diferentes alturas para apreciar o espetáculo do pôr do sol. É impossível visitar o Rio de Janeiro sem participar pelo menos uma vez deste maravilhoso ritual ao pôr do sol.

A cereja do bolo é o Cristo Redentor!

Ver pela primeira vez a impressionante imagem do Cristo Redentor no Corcovado é, sem dúvida, uma daquelas experiências que aceleram o coração e ficam marcadas na retina para sempre. Não só é a escultura Art Déco mais famosa do mundo, mas desde 2007 é uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, um título muito merecido. Suas medidas são simplesmente incríveis: a altura do Cristo Redentor é de 30 metros e pesa aproximadamente 1.200 toneladas. Ele se ergue majestosamente sobre um pedestal de 8 metros de altura, bem no topo do Morro do Corcovado, 710 metros acima do nível do mar, dentro do Parque Nacional da Tijuca. Sem dúvida, é uma experiência que vale a pena viver com amigos em uma viagem pela América do Sul.

 
 

O Rio de Janeiro tem de tudo, lugares fascinantes, cultura impressionante e uma história cheia de momentos únicos, que servem de inspiração para você tirar milhares de fotos com quem você mais ama na vida. Aproveite sua viagem a este maravilhoso destino com algumas das opções de hospedagem que a RCI tem para você clicando aqui.

 

Você acabou de ler sobre ...

¿Te dieron más ganas de viajar?

¡Gracias por tu respuesta!
 

Artigos
relacionados